Dia dos Pais: oito razões para você amar o pai do seu filho

dia dos pais
Photo credit: Martin Gommel via Visual hunt / CC BY-NC-ND

Olá, mães incríveis! Hoje, em homenagem ao Dia dos Pais, vamos falar sobre o primeiro estudo já produzido no mundo sobre a importância do pai. E o que você, mãe, tem a ver com isso?

Simples: segundo esta pesquisa, quanto mais envolvidos são os homens com a sua responsabilidade de pais – e com os afazeres domésticos! – mais saudáveis e felizes são as suas mulheres e filhos, assim como eles próprios.

A grande sacada do relatório é mostrar que o exercício da paternidade num homem é uma das chaves para atingirmos a igualdade de gênero, apesar das imensas desigualdades ainda presentes na distribuição das funções materna e paterna.

 

Veja os principais achados:

  1. Pais envolvidos com sua paternidade ajudam as crianças a se desenvolver. A interação com os pais é importante para o desenvolvimento das habilidades sociais nas crianças. E também melhora o desempenho escolar e diminui as taxas de delinquência.
  2. Pais envolvidos com sua paternidade permitem às garotas atingirem seu potencial máximo. A atitude desses homens contribui para que os meninos aceitem a igualdade de gênero. Nas meninas, permite que alcancem um sentimento de autonomia e maior auto-estima.
  3. Pais envolvidos com sua paternidade são homens mais felizes e saudáveis. Pais que possuem relações próximas e não violentas com seus filhos vivem mais. Eles também têm menos problemas de saúde mental ou física. E são mais produtivos no trabalho! Além disso, afirmam ser mais felizes que os pais que dizem não possuir essa conexão com seus filhos.
  4. Os pais querem passar mais tempo com seus filhos. A maioria dos pais relata que trabalharia menos, se pudesse passar mais tempo com seus filhos.

 

Eles também descobriram que:

  1. Envolver os pais com os cuidados da criança desde o pré-natal até o pós-parto pode trazer benefícios duradouros. A presença dos pais incentiva e apoia as mães na amamentação. Também ajuda na busca por vacinação das crianças e nos cuidados com doenças infantis.
  2. Promover o envolvimento dos pais pode ajudar a interromper o ciclo de violência doméstica. Uma divisão mais equilibrada nos cuidados com as crianças contribui para diminuir o índice de violência contra as crianças.
  3. As crianças, as mulheres e os homens se beneficiam quando o homem tira licença paternidade. Os pais que podem ter licença-paternidade estão mais propensos a participar dos cuidados com a criança após a licença. Isso ajuda na recuperação e melhoria da saúde das mães após o parto. A licença-paternidade foi ampliada no Brasil recentemente, de cinco para vinte dias. Veja aqui se essa regra vale para a empresa do pai do seu filho.
  4. Um maior envolvimento do homem com os afazeres domésticos também traz benefícios para a economia. A licença paternidade também ajuda na participação das mulheres no mercado de trabalho, aumentando a sua renda e melhorando a sua carreira.

 

Vamos combinar: às vezes a gente não tem muita paciência com eles rsrs. Mas como podemos estimular a paternidade? Acho que podemos fazer um esforço em integrar os pais aos cuidados com as crianças e não criticar a maneira deles fazerem as coisas em casa. Também podemos ajudá-los a serem pais mais amorosos e pacientes. E se é o pai do seu filho que tá precisando de uma força pra se envolver mais com a casa e os filhos? Mostra esse estudo pra ele! Pelo que vimos quem ganha com isso são as mães, as crianças e os próprios pais.

 

Saiba mais:

O primeiro estudo sobre “A Situação da Paternidade no Mundo” é uma iniciativa da Men Care. Presente em mais de 30 países, busca promover o papel do homem como cuidador e pai não violento. Dessa forma, pretende contribuir para alcançar o bem-estar familiar. O estudo foi publicado em 2015.

Para quem quiser se aprofundar no tema, tem uma página da Men Care com todos os relatórios disponíveis para download. Você pode ler a versão em português e ver a edição especial sobre a situação no Brasil.

(40 Posts)

Deixe seu comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *