SOBRE A GENTE


Depois que a gente vira mãe, descobre uma identidade que estava adormecida, esperando pra nascer. Dizem que quando nasce o primeiro filho, ali nasce também uma mãe. Pois é…

Vivemos em um mundo que muda tão rápido e em todas as direções que, sendo mães, temos essa responsabilidade imensa de educar e preparar um ser humano que absorve informações e desenvolve novas atitudes a cada segundo.

A relação entre mãe e filho transforma a vida em uma coisa incrível. E a mãe vive diariamente o desafio gigante de conduzir outra pessoa a alcançar seu potencial.

Como as crianças, as mães não nascem sabendo. Elas vão aprendendo. Muitas vezes a gente acerta. Muitas vezes a gente erra, e administra o erro, e na próxima vez já aprendeu. E aí provavelmente vai acertar, ou então vai aprender diferente.

Seja qual for a situação, as mães têm um único objetivo: fazer o que é melhor para os seus filhos. E são, para eles, as melhores mães que eles podem ter. Para eles, são heroínas.

São mães incríveis.

Mãe incrível ama seus filhos do tamanho do universo.

Mãe incrível não é perfeita. E é perfeita para seu filho. Ela faz o seu melhor para que ele esteja feliz, seguro, forte, equilibrado, preparado para a vida.

Mãe incrível vive muitos dilemas, tem muitas fragilidades e incertezas, e também é cheia de forças e certezas.

Mãe incrível tem a maior lista de tarefas do mundo. E acha que não vai dar conta, e às vezes não dá mesmo, e outras vezes dá conta de quase tudo. Às vezes sozinha, às vezes com ajuda. Mãe incrível tem a mágica da multiplicação do tempo, que parece nunca ser o suficiente. Ela escolhe as suas batalhas, escolhe onde colocar as energias, escolhe o que pode deixar pra lá.

Mãe incrível é aquela que exerce de verdade o papel de mãe, seja qual for a forma como ela se tornou mãe.

Mãe incrível partilha com quem a ajuda, quem está junto com ela na maravilhosa jornada de criar um ser humano.

Mãe incrível apoia as outras mães incríveis. E recebe muita força delas também.

Mãe incrível não é e nem se acha melhor que ninguém. Ela só percebe um lado da vida que é incrível, que ela vive porque é mãe.

Mãe incrível exerce seus múltiplos papeis, vivendo sua própria identidade. Ela é mãe, e é muito mais.

Mãe incrível sabe que vale a pena, pelo amor que ela sente e que ela recebe. Por que ela é mãe.

Uma mãe incrível.

 

Quando a gente se depara com uma decisão que só precisa ser tomada porque somos mães, buscamos resolver da melhor forma possível.

Agimos como achamos que funciona, como julgamos que vai dar certo, com as informações que temos, sejam muitas, poucas ou nenhuma, só com aquela informação que vem do coração.

Às vezes a gente faz no automático, porque sente que aquele é o melhor jeito.

Às vezes a gente cria um atalho genial e dá um jeito diferente de resolver uma questão.

Às vezes a gente consulta todas as fontes possíveis antes de decidir: o pai, o companheiro, a sua parceria na criação da criança, os avós, as outras mães, os livros, a internet inteirinha.

E são tantas as providências que a vida materna exige que às vezes só o que a gente queria é que a melhor decisão já viesse tomada – e ainda assim, quem deixaria que outra pessoa tomasse uma decisão que vá afetar a vida dos nossos pequenos?

Foi pensando nesse processo que construímos o Guia para Mães Incríveis.

Vivemos erros, acertos e aprendizados. Conhecemos a experiência de muitas mães incríveis que convivem com a gente todos os dias. E nada mais lógico que deixar muito desse aprendizado disponível para quem está passando por dilemas que já foram vivenciados por muita gente, situações que conhecemos.

O Guia para Mães Incríveis não se propõe a dizer para a mãe incrível qual é a melhor solução para cada dilema. Ele, sim, se propõe a mostrar algumas soluções, com aspectos positivos e negativos, para que a mãe incrível tome decisões mais seguras e conscientes, baseadas em informações mais objetivas.

Acreditamos que a melhor solução é aquela que mais combina com a sua família. E só você é capaz de saber qual é. O Guia para Mães Incríveis vai mostrar que existem possibilidades. E vai fazer isso de forma prática, pra facilitar sua vida, pra ajudar a multiplicar o seu tempo e assim poder curtir mais seus filhos, sua família, você mesma.

O Guia para Mães Incríveis está sempre em construção, porque aprendemos coisas novas todos os dias. E sabemos que o mundo gira tão rápido, e tem tantas coisas acontecendo em cada família, que certamente temos muito a aprender com cada mãe incrível que estamos tendo a oportunidade de conhecer.

Esperamos que o Guia para Mães Incríveis seja útil pra você.

Com carinho,

Pri e Thelma

blog de mães Priscila

Priscila Norcia

Nasci em São Paulo e adotei o Rio como minha casa há vinte anos. Sou casada com um carioca e mãe da *Bibi* (11) e do *Rafa* (7), meus amores que me ensinam tanto a cada dia. Sou profissional de Relações Públicas e vivo intensamente tudo o que faço.

Hoje sou apaixonada pela maternidade, mas nem sempre foi assim. Quem me conhece há muito tempo sabe que eu dizia aos quatro ventos que nunca ia ser mãe, que isso não era pra mim. Um amigo meu dizia: espera até a hora do seu relógio biológico chegar… Ao que eu respondia: eu não uso relógio! E não é que ele tava certo? Em algum momento aconteceu uma virada. De repente tudo o que eu via eram barrigas e bebês pela rua. E desde que mudei de ideia, minha vida ficou mais cheia de cor e amor. Hoje vejo que o que me repelia na maternidade era um medo imenso de errar. mas a vida me mostrou que a gente erra de qualquer jeito e não deixa de ser feliz por isso. E desde que venci meus medos em relação à maternidade tenho sido imensamente feliz!

 

blog de mães Thelma

Thelma Wiegert

Sou gaúcha radicada no Rio, com raízes em Recife, casada com um baiano, tenho duas filhotas cariocas-baiúchas, a *Mariola* (8) e a *Lalá* (5).

Publicitária, especializada em comunicação corporativa, atividade que ocupa boa parte do meu dia há mais de 10 anos.

Prática desde criancinha, percebi que ia ter que continuar descobrindo “atalhos” para dar conta das tantas providências que a vida de mãe pede.
Funciono questionando e racionalizando tudo o que aparece, até subjetividades, mesmo que na hora H seja o coração quem acaba dando a direção.
Acredito que o mundo pode ser melhor e mais simples. Procuro trabalhar por essa ideia e espalhar ela por aí, principalmente para as minhas pequenas, grandes amores de minha vida.

 

Quer falar com a gente? Escreva para contato@guiaparamaesincriveis.com

Somos integrantes da

REBRINC